Arena RPG Maker
Olá, visitante!
Seja bem-vindo ao fórum Arena RPG Maker, caso queira aprender sobre criação de jogos, está no fórum certo. Esperamos que possa aprender tanto quanto possa nos ensinar aqui.

Atenciosamente,
Equipe Arena RPG Maker.
Arena RPG Maker

Estamos de volta o/ ... Ou não.Eu amo a -Dark
Doações para o fórum abertas, clique aqui e saiba mais.
Últimos assuntos
» Pokémon Genesis Online! (PGO)
Qua 05 Jul 2017, 17:08 por Lexar

» Tileset Converter to MV
Sex 12 Maio 2017, 13:07 por Douggi

» [Dúvida] Como tirar a porcentagem de esquiva
Ter 09 Maio 2017, 22:15 por Neil Flame Runner

» Pack Resources, Sprites e etc
Qua 23 Dez 2015, 09:30 por raydengv

» Download RPG Maker 2003 + RTP em português
Ter 22 Dez 2015, 08:14 por ::KimMax::

» Fantasy Art Online
Dom 18 Out 2015, 16:42 por daviih123

» Você vai ter medo do Nerve gear?
Sab 25 Jul 2015, 16:02 por Kirito-kun

» O Barato é louco
Sab 27 Jun 2015, 15:26 por Halt

» Download RPG Maker 2000 + RTP em português
Qui 21 Maio 2015, 19:28 por Wismael

» Divulgando meu grupo e página do Facebook
Ter 19 Maio 2015, 13:06 por Halt


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1Tutorial RPG Maker VX - Tutorial para inciantes !! em Seg 31 Dez 2012, 11:19

~Geek'

avatar
Membro - Novato
Membro - Novato

Olá! Seja bem-vindo ao guia do RPG Maker VX para iniciantes. Este guia foi criado para auxiliar pessoas que nunca tiveram contato com o programa e que precisam de um pequeno empurrão para começarem a criar seus primeiros jogos com o RPG Maker VX. O guia é dividido em várias partes. Cada uma delas explicará diferentes funções do programa e como utilizá-las.

Então… vamos começar logo! Espero que gostem do guia e lembrem-se: qualquer dúvida, onde você pode encontrar ajuda, divulgar seu jogo e conversar com outros criadores.

1. Começando

Antes de tudo é preciso dar um pequeno aviso sobre o RPG Maker VX. Embora a criação de jogos tenha sido extremamente simplificada com o uso desta ferramenta, ela ainda é uma tarefa um tanto árdua. Caso você queira customizar seu jogo (alterar gráficos, sons, e etc.) terá de possuir um conhecimento básico sobre isto(criar seus próprios gráficos, músicas e sons). Caso você não tenha este conhecimento, não se preocupe. O RPG Maker VX vem com um pacote de gráficos e sons chamado RTP. Esse pacote contém todos os gráficos, sons, músicas necessários para a criação de seu jogo.

O RPG Maker VX também traz uma nova opção para os criadores de jogos: O RGSS (Ruby Game Scripting System). O RGSS é uma linguagem de programação derivada da famosa linguagem Ruby e ele é utilizado no RPG Maker VX. Toda a engine dos jogos criados com o RPG Maker VX foi programada utilizando RGSS, assim, utilizando o Editor de Scripts (embutido no RPG Maker VX) é possível alterar praticamente todos os elementos do jogo. É claro que essa tarefa exige um conhecimento básico (ou vasto, dependendo da tarefa) em programação e também uma idéia do que é a programação. Mas não se preocupe, mesmo que você seja um novato, poderá dar uma customizada no seu jogo. Para saber mais sobre a linguagem Ruby, e sobre lógica da programação, confira a Ruby Brasil e RubyLang.

Mudando um pouco de assunto, falarei agora um pouco sobre os quesitos mais importantes na hora de criar seu jogo. Esqueça todos os rótulos populares que caracterizam um “bom jogo”, como os gráficos. No mundo do RPG o que mais importa em um jogo é a sua história. A riqueza do enredo, personagens criativos, belos detalhes, etc. Não importa se o jogo possui gráficos estupendos se sua história não presta. Antes de começar a criar seu jogo, desenvolva a história. Ela é o seu RPG. Sem ela não há jogo.

Dica: Antes de começar a criar seu jogo no RPG Maker VX, pegue um caderninho ou uma folha de papel e rascunhe tudo que puder sobre seu jogo. Personagens, história, cidades, itens, monstros, mapas, etc. Com certeza isso irá ajudar bastante.

2. Criando um novo projeto

Primeiro de tudo, após instalar o RPG Maker VX e o RTP, é abrir o programa. Vá no Menu Iniciar, depois em Programas, depois em Enterbrain, depois em RPG Maker VX e clique no atalho do programa. Bonito, né? Agora vá em Arquivo, depois em Novo Projeto. Uma janela com três caixas de texto irá aparecer. Na primeira caixa, intitulada “Nome da Pasta”, você deve colocar o nome da pasta do seu jogo. Na segunda, intitulada “Título”, você deve colocar o nome do seu jogo. Na terceira caixa, intitulada “Diretório”, estará o caminho de destino da pasta do seu jogo. Você pode escolher onde criar a pasta do seu jogo clicando no botão “…” que está ao lado da terceira caixa. Finalizadas as configurações, clique em OK. Belo gramado, não acha? ^^

Observe bem a tela. À esquerda você possui uma janela com vários pedaços de gráficos. Esses pedaços são chamados Tiles, um conjunto de tiles é um Tileset. Os tiles são os gráficos que formam os mapas do seu jogo. Os mapas, caso ainda não tenha notado, são os ambientes do seu jogo. Cidades, casas, igejas, fazendas, castelos e demais ambientes são construídos utilizando tiles. No RTP há vários Tilesets, cada um com um estilo diferente. Tilesets de casas, casas de campo, casas urbanas e muitos outros.

Abaixo da janela de tiles, há uma janela em forma de árvore. Aqui são exibidos e organizados todos os mapas do seu jogo. Como eu havia dito antes, os mapas são os ambientes do seu jogo. Neles é onde tudo acontece. Ao lado das duas janelas à esquerda você encontrará uma janela de edição. Essa janela de edição é onde você monta os mapas usando os tiles disponíveis na janela ao lado.

3. Criando um novo mapa

Agora que você já está um pouco familiarizado com a tela principal do RPG Maker VX, vamos criar um mapa para nosso jogo. Clique com o botão direito sobre a pasta com o nome do seu jogo na janela de mapas. Então, selecione a opção “Criar Novo Mapa”. Será aberta uma nova janela com várias opções. Abaixo explicarei cada função dessas opções:

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

(1) - Nesta caixa você define o nome do mapa. É sempre bom nomear os mapas para deixar seu projeto mais organizado. Um jogo completo pode ter até centenas de mapas.
(2) - Esta é a largura e altura do mapa.
(3) - Aqui você define se o mapa possui loop. O loop faz com que o mapa pareça ser infinito, conectando a horizontal, a vertical ou ambas. Toda vez que o jogador mover-se para os lados, ou para cima, e o loop estiver ligado, ele dará a volta completa como se o mapa fosse um globo.
(4) - Aqui você pode escolher a música de fundo do mapa.
(5) - Aqui você pode escolher o efeito sonoro de fundo do mapa.
(6) - Aqui você pode escolher se quer permitir que o jogador corra ou não neste mapa.
(7) - A opção de Encontros é a opção que define quais Grupos de Monstros irão aparecer aleatoriamente no mapa. A cada XX passos (definidos na opção um grupo de inimigos atacará o grupo de heróis.
( - Define quantos passos são necessários para ocorrer uma batalha aleatória.
(9) - Aqui você escolhe o gráfico de panorama do mapa. O panorama é um gráfico que aparecerá no fundo do mapa, substituindo toda a área transparente.
(10) - Aqui você pode configurar o panorama para movimentar-se na horizontal. A opção “Rolagem” é a velocidade com que o panorama se move na direção escolhida.
(11) - Aqui você pode configurar o panorama para movimentar-se na vertical. A opção “Rolagem” é a velocidade com que o panorama se move na direção escolhida.
(12) - Se você quiser, pode ativar esta opção e o panorama será exibido no editor de mapas, do mesmo modo que seria exibido durante o jogo.
4. Editando o mapa

Agora que o mapa está criado, vamos brincar um pouco com ele. Suba seus olhos até a barra de ferramentas, logo abaixo do menu do programa. Lá estarão 5 funções de edição de mapas. Elas são:

Lápis: desenha livremente pelo mapa com um tile selecionado na janela de tiles.
Retângulo: desenha quadrados pelo mapa com um tile selecionado na janela de tiles.
Círculo: desenha círculos pelo mapa com um tile selecionado na janela de tiles.
Preencher: Preenche uma área definida com um tile selecionado na janela de tiles.

Creio que não é possível fazer uma descrição mais detalhada sobre estas ferramentas. Escolha um tile e dê uma brincada com as cinco ferramentas para ir se familiarizando. Agora, olhe para o lado da barrinha de ferramentas de edição. Existem quatro botões de Zoom diferentes. O zoom é a distância de visualização do mapa. O primeiro é perto, o segundo é médio, o terceiro é longe e o quarto é muito longe. Dê uma clicada neles e saberá do que estou falando. Agora vamos para uma parte importante da edição de mapas, os Tiles.

Diferentemente do RPG Maker XP, o VX utiliza um novo sistema de tileset. A mudança mais radical é que não utilizamos mais vários tilesets, com opções de layers. Usamos agora apenas um tileset, dividido em 5 partes: A, B, C, D, E. Cada parte é superior a outra, respectivamente. Isto é: um objeto que pertence ao tile A será sobreposto por um objeto que pertence ao tile B. Portanto, esqueça tudo que sabia sobre layers e acostume-se com os tipos diferentes de tiles. Infelizmente, esta é uma das funções que tornam o VX um pouco menos “potente” em relação ao XP. Muitas pessoas não gostam da idéia de trabalhar com apenas um tileset, e acham muito trabalhoso editar o tileset usando algum programa gráfico. E com razão. Usuários novatos provavelmente terão muitos problemas caso queiram expandir o tileset de seu jogo.

E issi ae, Espero que ajude vcs inciantes no RMVX :) Flw !!

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum